Sucralose: Finn revela mitos e benefícios deste adoçante de origem natural

Marca mostra as principais características de uma das substâncias preferidas dos brasileiros.

Antes restritos a diabéticos ou pessoas que desejavam controlar a ingestão de calorias, os adoçantes estão cada vez mais presentes na vida dos consumidores e ocupam lugares privilegiados nas prateleiras dos supermercados e farmácias. Mas apesar de ser usado em larga escala pela população, ainda existem muitos mitos em torno das substâncias edulcorantes presentes no mercado.

A sucralose, por exemplo, apesar de ser um dos adoçantes preferidos dos brasileiros, ainda possui alguns questionamentos ao seu redor. Tem alguma contraindicação? É mesmo o melhor adoçante? É igual ao açúcar? Pode ser usada na culinária? Por isso, Finn, marca de adoçantes destinada às pessoas que se preocupam com a saúde e praticam hábitos saudáveis, procura informar seus consumidores sobre as principais substâncias edulcorantes disponíveis e acabar com os mitos ao redor delas.

A sucralose foi amplamente estudada durante mais de vinte anos para que a segurança de seu consumo fosse cientificamente comprovada. O adoçante é derivado da cana de açúcar e obtido pela modificação de sua estrutura molecular. Com um poder de dulçor 600 vezes maior que o do açúcar e IDA (Ingestão Diária Aceitável) de 15 mg/kg de peso corpóreo, a sucralose apresenta o sabor mais próximo ao do açúcar e o menor residual, sendo o adoçante preferido dos brasileiros. Não existem pontos negativos quando o assunto é sucralose: ela é um dos edulcorantes mais versáteis, podendo ser utilizada também para fins culinários.

O fato de a sucralose ser derivada da cana de açúcar dá a falsa sensação de que é o único edulcorante seguro para o consumo humano em longo prazo. Todas as substâncias disponíveis para o consumo foram exaustivamente estudadas por órgãos regulatórios nacionais e internacionais para que então fossem liberadas para comercialização. Ou seja, uma vez liberados, não oferecem riscos em nenhuma escala à saúde da população. Por isso, é sempre importante ressaltar que não existe substância melhor ou pior, ou que faça ou não mal à saúde: o importante é escolher a formulação adoçante que melhor se adéqua ao paladar.

Finn possui a linha mais completa do mercado com todas as substâncias disponíveis: Finn Sacarina, Finn Aspartame, Finn 100% Sucralose e Finn 100% Stévia. Todos os produtos Finn possuem o selo da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD), que certifica a inexistência de açúcar na formulação e, consequentemente, o consumo permitido para diabéticos. Além disso, a marca reforça sua preocupação com a saúde e bem-estar do consumidor e sua responsabilidade em difundir informações corretas sobre o uso de adoçantes participando de palestras e simpósios sobre o assunto.

Para saber mais sobre a linha de adoçantes Finn e ter acesso a dicas de saúde, visite o site oficial da marca: www.finn.com.br e o facebook https://www.facebook.com/FinnOficial.

Comida e Receitas

Fundado em 2007, o site Comida e Receitas tem como objetivo ser referência do setor, para isso vai além do feijão com arroz e conta com milhares de receitas incluindo receitas típicas, regionais e até internacionais, além de dicas, glossário, matérias e especiais temáticos.

Você pode gostar...