Uso de vinagre na dieta traz inúmeros benefícios à saúde

Receita de Vinagrete especial

Conhecido desde os primórdios da civilização, o vinagre é um dos produtos mais comuns e usados no mundo. Regionalmente, em função do clima e da produção agrícola de cada país, aproveitam-se diferentes matérias-primas na fabricação de vinagres, razão pela qual, atualmente, no mercado se pode encontrar uma enorme variedade de vinagres: de álcool, à base de vinho, frutas e até cereais. Muito usado para temperar salada, o vinagre pode ser um coringa na culinária e um grande aliado no cuidado com a saúde.

No Brasil, país onde o vinagre já se encontra presente em 72% dos lares, cerca de 80% do consumo é referente ao vinagre de álcool, um produto mais barato, evidenciando que o consumidor ainda desconhece esta diversidade que o mercado oferece, bem como as características e benefícios de cada um.

Os vinagres de álcool, por exemplo, são obtidos pela fermentação acética de uma mistura originária do álcool etílico potável. Tem sabor mais acentuado e é originário de uma matéria-prima sem muitos nutrientes. Já os de vinho, são obtidos da fermentação do vinho, carregando consigo nutrientes da bebida e da uva, além de ter um sabor mais puro e diferenciado. Por sua vez, o vinagre balsâmico, devido ao seu processo de produção diferente dos demais vinagres de vinho (feito a partir de mosto de uva), oferece um sabor agridoce muito apreciado, considerado mais sofisticado e é cada vez mais utilizado tanto em pratos salgados como em receitas doces.

A marca Gallo, líder em azeites no Brasil, por exemplo, possui cinco tipos de vinagre à base: Vinho Tinto, Vinho Branco, Espumante, Balsâmico e Balsâmico Branco. Produzidos com vinhos de qualidade, podem ajudar quem busca melhor qualidade de vida e alimentação mais saudável. Cada um possui características especiais que conferem às receitas sabor e aroma diferenciados: desde toques suaves e aromáticos, até sabores agridoces e frutados.

Dados da Associação Nacional das Indústrias de Vinagre (ANAV) apontam que o nosso País é responsável pelo consumo de apenas 0,8 litro de vinagre por ano, ante o 1,8 litro anual per capita consumido nos Estados Unidos e Europa. Essa diferença no consumo se dá por vários fatores, inclusive pelo desconhecimento da versatilidade do vinagre no uso culinário, que proporciona mais sabor às receitas, e suas benéficas consequências para a saúde.

O vinagre é um importante aliado de quem sofre de hipertensão arterial ou quer controlar o sal que consome. O produto pode substituir ou diminuir a quantidade de sódio adicionado à comida. E seu sabor marcante faz com que este ingrediente ressalte o gosto dos demais e o torna versátil na culinária: desde para temperar saladas – uso mais conhecido – até mesmo em massas de bolos, por exemplo.
E, ao contrário do que se pensa, o vinagre não faz mal para a digestão. Ele é um ótimo acelerador de metabolismo e contribui com o aumento da sensação de saciedade, que, junto com seu baixo teor calórico, ajuda no processo de emagrecimento. Além disso, também auxilia no funcionamento do intestino.

A adoção de vinagres de vinho na rotina pode ainda aumentar a lista de benefícios deste ingrediente, já que carregam consigo muitas das propriedades das uvas que dão origem ao vinho, que é fermentado até se tornar vinagre. Os de vinho tinto e branco, por exemplo, contam com inúmeros antioxidantes, como os polifenóis e o resveratrol, que ajudam no controle do nível de glicose e mau colesterol (LDL) do sangue e na prevenção do envelhecimento celular.

Comida e Receitas

Fundado em 2007, o site Comida e Receitas tem como objetivo ser referência do setor, para isso vai além do feijão com arroz e conta com milhares de receitas incluindo receitas típicas, regionais e até internacionais, além de dicas, glossário, matérias e especiais temáticos.

Você pode gostar...